29 de dezembro de 2009

Equívocos..

“Não vamos descansar até que todos os envolvidos [no ataque] sejam encontrados e responsabilizados”, garantiu. Apesar de admitir “ainda não ter todas as respostas” sobre aquela acção, Obama apontou claramente o dedo à Al-Qaeda, ao avisar que “usará todos os meios” ao seu alcance para derrotar os extremistas violentos, “seja no Afeganistão, no Paquistão, no Iémen ou na Somália”.

Engraçado, estava eu entretido no sítio do Jornal Público Online a ler algumas noticias sobre a actualidade, por entre essas encontrei por la este artigo (acima descrito parcialmente), e fiquei a pensar"deve ser enganado, foi o senhor antigo presidente dos Estados Unidos George W. Bush que disse estas palavras".. E não é que para meu espanto que ao continuar a ler o artigo, percebi que foi mesmo o actual presidente, o senhor Barack Obama, o líder Democrata que tinha como bandeira de campanha acabar com os conflitos em que os Estados Unidos estavam envolvidos, aquele que até o Prémio Nobel da Paz ganhou, que disse estas palavras..

Estranho, no mínimo Estranho...

1 comentário:

  1. Temam amigos temam! Quando nem o Prémio Nobel da Paz e homem com mais influência no mundo, tem paz nas suas palavras ou acções! Quem mais pode garantir a nossa segurança e evitar o começo da próxima guerra mundial que já se faz adivinhar!

    Eu já construiu o meu bunker!! e tu de que estás à espera camarada?!

    Já não digo juntos pela PAZ! mas sim juntos pela nossa sobrevivência!!
    Saudações Amigos

    ResponderEliminar